INVESTIGAÇÃO GENÉTICA 

Alterações genéticas, mesmo que o homem não apresente nenhuma doença, podem contribuir para a formação corriqueira de bebês com problemas, geralmente incompatíveis com a vida, gerando falhas dos tratamentos para engravidar. Homens com alterações importantes no espermograma devem ser testados com esse tipo de avaliação. A prevalência de alterações genéticas parentais em falhas de implantação embrionária pode chegar a 10%. A identificação dessas alterações muda de forma significativa o prognóstico de gestação com evolução normal e altera o tipo de tratamento a ser oferecido. A opção terapêutica na vigência de alterações genéticas parentais repousa sobre a transferência de embriões normais avaliados através da análise genética pré-implantacional, ou a utilização de gametas doados.Esses exames podem ser coletados no Embrios Centro de Reprodução Humana e encaminhados a laboratórios parceiros.


AVALIAÇÃO ESPERMÁTICA

FRAGMENTAÇÃO DO DNA ESPERMÁTICO
A avaliação da fragmentação do DNA espermático identifica homens com maior risco de falhas nas tentativas de gestação. A identificação de fragmentação aumentada indica a necessidade de uso de antioxidantes e antibióticos. A fragmentação do DNA aumentada pode ser resultado de dieta inadequada, tabagismo, uso de drogas, idade avançada, temperatura testicular elevada e até poluição ambiental.

SAT (sperm aneuplody test)
Exame complexo, onde é investigada a taxa de espermatozoides com aneuploidias, isto é, proporção de espermatozoides capazes de gerar embriões com alterações cromossômicas que geram aumento das taxas de formação de embriões alterados, contribuindo para o resultado negativo após a fertilização in vitro. Pacientes com SAT alterado tem o dobro de chances de gestações evoluírem para aborto e a metade de chances de engravidar em relação à população em geral, mesmo que realizem fertilização in vitro.

teste negativo
2genetica
Exames da Mulher
Coleta de sangue, investigação uterina e investigação endometrial são os principais exames a serem realizados.
Exames dos embriões
As alterações genéticas embrionárias é a principal causa que justifica a falha de implantação embrionária em ciclos de fertilização in vitro.

No Comments Yet.

Leave a comment

WhatsApp
Enviar WhatsApp