INVESTIGAÇÃO GENÉTICA 

Alterações genéticas, mesmo que o homem não apresente nenhuma doença, podem contribuir para a formação corriqueira de bebês com problemas, geralmente incompatíveis com a vida, gerando abortos recorrentes ou falhas dos tratamentos para engravidar. Homens com alterações importantes no espermograma devem ser testados com esse tipo de avaliação. Esses exames podem ser coletados no Embrios Centro de Reprodução Humana e encaminhados a laboratórios parceiros.


AVALIAÇÃO ESPERMÁTICA

FRAGMENTAÇÃO DO DNA ESPERMÁTICO
A avaliação da fragmentação do DNA espermático identifica homens com maior risco de aborto e maior chance de falhas nas tentativas de gestação, sejam naturais ou por técnicas de reprodução assistida. A identificação de fragmentação aumentada indica a necessidade de uso de antioxidantes e antibióticos. A fragmentação do DNA aumentada pode ser resultado de dieta inadequada, tabagismo, uso de drogas, idade avançada, temperatura testicular elevada e até poluição ambiental.

SAT (Sperm Aneuplody Test)
Exame complexo, onde é investigada a taxa de espermatozoides com aneuploidias, isto é, proporção de espermatozoides capazes de gerar embriões com alterações cromossômicas que geram aumento das taxas de abortos e aumento de bebês com cromossomopatias. Pacientes com SAT alterado tem o dobro de chances de gestações evoluírem para aborto e a metade de chances de engravidar em relação à população em geral.

Selecione abaixo para ver as demais etapas da investigação dos abortos.

No Comments Yet.

Leave a comment

WhatsApp
Enviar WhatsApp