Análise genética pré-implantacional

O PGD (Diagnóstico Genético Pré-Implantacional) e o PGS (Screening Cromossômico Pré-Gestacional) têm como objetivo evitar a transferência de embriões com alterações genéticas ou cromossômicas. Essas técnicas ainda não são utilizadas como rotina para todos casais submetidos à fertilização in vitro. É indicado para casais com risco elevado de terem bebês com anomalias genéticas, ou abortos de repetição de causa genética. A técnica consiste na abertura da zona pelúcida do embrião em seu 3º dia de desenvolvimento (estágio de 6 a 10 células) ou então no 5º dia com retirada de uma para análise genética. O Embrios conta com a parceria do Igenomix.

Comments are closed.

WhatsApp
Enviar WhatsApp