Inseminação intrauterina

Essa forma de tratamento é a escolha para casais cuja causa para não engravidar é a alteração leve dos espermatozoides, a endometriose mínima (sem alterações das trompas uterinas) e nos casos de infertilidade sem uma causa aparente. A paciente é submetida aos mesmos procedimentos do controle de ovulação com o diferencial de que nesta modalidade de tratamento o sêmen é processado de modo a selecionar os melhores espermatozoides e estes são colocados diretamente dentro da cavidade uterina para entrar em contato com o óvulo. Este tratamento também é considerado de baixa complexidade. Suas chances de sucesso oscilam em torno de 15% em casos selecionados. Assista ao vídeo explicativo sobre a inseminação intrauterina abaixo.

Comments are closed.

WhatsApp
Enviar WhatsApp