Calculadora do período fértil

O período fértil é o período permeia a ovulação propriamente dita. Compreende dias que antecede a ovulação, o dia da ovulação propriamente dita e cerca de 12 horas após a ovulação.

É nesse espaço de tempo, onde tendo relações sexuais frequentes, preferencialmente diariamente conforme a ASRM (American Society of Reproductive Medicine) orienta, que você terá maiores  chances de gravidez. Essa orientação baseia-se no fato de que, apesar dos leigos acreditarem que seja exatamente o contrário,  a ejaculação diária não afeta a qualidade do sêmen. Pelo contrário, estudo demonstram que ejaculações frequentes deixam o espermatozoide com um índice de fragmentação do DNA mais baixo, aumentando as taxas de gravidez. Sendo assim, ter relação sexual apenas um ou dois dias no período fértil pode estar diminuindo sua chance de gravidez. O ideal, é que as relações sexuais sejam frequentes no período fértil, preferencialmente diárias.

Antes de calcular o seu período fértil, é importante salientar três considerações:

  1. casais que têm relações sexuais frequentes, isto é, aproximadamente 3 dias por semana alternadamente, talvez não tenham um grande benefício em calcular o período fértil. Por mais que a orientação seja relações sexuais diárias no período fértil, para casais com todos os fatores de fertilidade normais, essa frequência de relações provavelmente seja suficiente para que uma gestação espontânea aconteça. Nesses casais, o cálculo do período fértil pode ser, muitas vezes, um fator estressor a mais.
  2. para que o cálculo do período fértil seja eficaz e reflita a sua realidade, é fundamental que seus ciclos menstruais sejam regulares, isto é, que eles ocorram numa frequência regular, por exemplo, a cada 28 dias, a cada 26 dias, a cada 32 dias.  Ciclos menstruais anárquicos, onde num ciclo a menstruação veio após 34 dias, no outro, após 23 dias, no outro, após 28 dias, provavelmente o cálculo do período fértil não terá grande serventia. Nestes casais, o melhor é, além de investigar se há alguma alteração com a ovulação, ter relações sexuais frequentes (pelo menos a cada 2/3 dias no terço médio do ciclo menstrual).
  3. pacientes com ciclos menstruais com intervalos menores que 24 dias ou maiores que 34 dias, mesmo que regulares, devem verificar a reserva ovariana (no grupo com ciclos menstruais curtos) a presença de ovulação , sob pena de estarem fazendo um cálculo para determinação das relações sexuais, quando na verdade estaremos necessitando investigar outras situações que podem estar dificultando a ovulação.

Abaixo, você encontra o cálculo do seu período fértil onde você poderá concentrar suas relações sexuais com o intuito de aumentar suas chances de gravidez. No caso de ter oscilações leves no número de dias do ciclo menstrual, calcule duas vezes o seu período fértil: uma vez com seu ciclo mais curto e outra, com seu ciclo menstrual mais longo. Para determinar o SEU período fértil nessa situação  utilize como sendo o seu período fértil o primeiro dia definido pelo cálculo com ciclo menstrual mais curto e como sendo o último dia do seu período fértil o último dia do cálculo em que você utilizou o ciclo menstrual mais longo.

Desenvolvido por www.bentosistemas.com.br
Abrir Whatsapp
1
Agendar consulta
Olá, gostaria de agendar uma consulta?